Avante inicia projeto de escuta com crianças de Barra do Choça

10682365_352066504969079_6323791620780057699_o

Construir espaços de participação de crianças em contexto de trabalho infantil, com vistas ao fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos (SGD). Esse é o principal objetivo do Posso Falar?, projeto da Linha de Formação para Mobilização e Controle Social, da Avante – Educação e Mobilização Social, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH) por meio do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA). No final da semana passada, no dia 2 de outubro, o projeto foi iniciado em Barra do Choça com a participação das crianças da rede Educacional e Socioassistencial.

O projeto pretende constituir e fortalecer grupos de participação e escuta de crianças de 5 a 12 anos em dez municípios baianos que possuem indicadores sociais baixos e crianças vivendo em contexto de trabalho infantil. Além de Barra do Choça, Antônio Cardoso, Banzaê, Botuporã, Cardeal da Silva, Irará, Fátima, Nova Soure, Santanópolis e Tucano serão contemplados pelos projeto.

10571954_352064644969265_5963350531429748005_o

De acordo com Ivana Castro, consultora da Avante, esse não é apenas mais um projeto da Avante no combate ao Trabalho Infantil (TI). “O grande diferencial é fomentar a escuta de crianças em situação de TI como um importante meio para melhor conhecer suas bases e para combatê-lo. O exercício da escuta não é fácil. Quem a realiza precisa estar isenta, não pode atuar de forma diretiva, o que torna esta escuta ainda mais difícil, pois é preciso, muitas vezes, perceber o simbólico ou o que está implícito na fala. Ou mesmo respeitar o silêncio”, avalia.

10708779_352066904969039_3195608416600426235_o

Segundo ela, algumas crianças em situação de vulnerabilidade ou trabalho infantil de Barra do Choça (sede e zona rural) foram ouvidas. “Vamos sistematizar as fala e juntar com a dos outros nove municípios para produzir o material de capacitação dos integrantes dos sistemas de garantias e direitos em prol da erradicação do trabalho infantil”, revelou.

O Posso Falar? firmou compromisso de adesão com Barra do Choça para a realização das ações de capacitação dos integrantes do SGD com o intuito de contribuir para que eles reconheçam a legitimidade das demandas apontadas pelas crianças inseridas em contexto de TI. Além disso, o projeto irá disseminar pressupostos teórico- metodológicos de escuta e participação infantil junto a gestores públicos e legisladores do município.

A expectativa é que como resultado do projeto seja produzido um vídeo e spots de rádio como forma de disseminar a conscientização com relação à questão do trabalho infantil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *