SEMED realiza formação do Programa Barra do Choça Alfabetizada

DSC_9254

Foi realizada nos dias 28, 29 e 30 de agosto, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, a formação inicial para alfabetizadores e coordenadores de turmas do Programa Barra do Choça Alfabetizada – 2015. A abertura contou com a participação do Secretário Municipal de Educação, Ricardo Amorim Gomes, do gestor local Ivanilton Brito e da Prof. Dr. Maria Aparecida Gusmão.

Secretário Ricardo Amorim ao lado do gestor local do PBA Ivanilton Brito.

O Secretário Ricardo Amorim deu as boas vindas aos participantes e convidados, destacando o comprometimento dos alfabetizadores e coordenadores no trabalho em prol da alfabetização de jovens e adultos, fazendo um breve histórico dos programas de alfabetização que já deram a sua contribuição na redução dos índices de analfabetismo no município, como o AJA BAHIA, Alfabetização Solidária, TOPA e agora o Programa Barra do Choça Alfabetizada.

Drª. Maria Aparecida é professora adjunta da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, especialista em alfabetização e autora do livro “A (re)escrita de textos: a prática pedagógica da professora Maria”, lançado pela Editora Uesb.

Em seguida foi iniciada a palestra “Os desafios no processo da leitura e escrita de jovens e adultos”, com a Prof. Dr. Maria Aparecida Gusmão, que abordou questões pertinentes ao processo de alfabetização de adultos, bem como a função da alfabetização e possibilidades metodológicas.

DSC_9264

No dia seguinte, a professora Maria Aparecida realizou uma oficina com a temática letramento e alfabetização de adultos, na qual foram apresentadas sugestões, atividades práticas e jogos lúdicos na perspectiva do letramento. Os alfabetizadores produziram materiais com gêneros textuais para serem utilizadas em sala de aula.

IMG_20150830_115935483

No dia 30, a formação foi ministrada pelas professoras Dalmácia Lima e Flávia Brito que explanaram sobre o tema“A matemática do cotidiano e seus desafios”. A palestra abordou a importância de se trabalhar a matemática a partir da realidade do alfabetizando, promovendo um ensino significativo e atrativo com os números. Com muita dinâmica as formadoras realizaram atividades de oficina, diálogos e apresentações, promovendo a interação entre os participantes.

IMG_20150830_154715740_HDR

Segundo o responsável pela formação, coordenador da EJA e do Programa Brasil Alfabetizado, Ivanilton Brito, a avaliação foi positiva em todos os aspectos, sobretudo no que tange ao pedagógico, pois a palestra de abertura e as oficinas contemplaram os objetivos pedagógicos do programa, oferecendo o suporte necessário ao professor alfabetizador na perspectiva de dinamizar as suas aulas, tornando-as mais atrativas e significativas para o alfabetizando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *